O que aprendemos hoje?

#114 Comemorando o dia do Hambúrguer

Para comemorar o dia do Hambúrguer, nada melhor do que fazer substituições saudáveis…

Hambúrguer Saudável (Fonte: Nutrição com Amor)
* Pão Integral
* Salada: Alface, tomate cebola, pimentão
* Frango ou carne (Grelhado)
* Queijo Ricota ou Minas Frescal

Tem também essa receita de Hambúrguer Funcional e Hambúrguer Vegetariano.

Gostou das dicas?

E lembre-se:

tenis-sanduiche

 

Nutri na net

#100 Dicas de saúde

O chá de gengibre é uma ótima opção de bebida quente para afugentar o frio. Além do mais, o gengibre é um alimento termogênico. Ou seja, ele eleva a temperatura corporal, aumentando o gasto calórico.
O chá de gengibre é uma ótima opção de bebida quente para afugentar o frio. Além do mais, o gengibre é um alimento termogênico. Ou seja, ele eleva a temperatura corporal, aumentando o gasto calórico.

Gostou desta dica? Que tal outras mais sobre saúde? Leia as notícias abaixo e nutra seu conhecimento!

Você é nutricionista? Então, estas matérias são especialmente para você! Clique e tire suas dúvidas sobre alimentação por sonda e cuidados nas doenças mentais: 

TERAPIA NUTRICIONAL 

terapia-nutricional

CONDUTAS NUTRICIONAIS NAS DOENÇAS MENTAIS

O que aprendemos hoje?

#98 As frutas da estação

dieta-das-notas-frutas

Não é segredo para ninguém que as frutas trazem muitos benefícios para o nosso organismo: elas são fonte de diversas vitaminas (como a Vitamina C), minerais (como o potássio) e de fibras, as quais auxiliam no funcionamento intestinal.

O Ministério da Saúde aconselha:

Coma diariamente pelo menos três porções de legumes e
verduras como parte das refeições e três porções ou mais de
frutas nas sobremesas e lanches.

E a nutri ainda acrescenta: Variar também é importante! Todos os dias consuma diferentes tipos de frutas. Fuja da monotonia (e isso vale não só para as frutas)!

Sucos naturais de fruta feitos na hora são os melhores. A polpa congelada perde alguns nutrientes, mas ainda é uma opção melhor que sucos artificiais, em pó ou em caixinha e aqueles processados com muito açúcar, como os néctares de fruta.

Ah, e outra coisa: Compre os alimentos da época (estação) e esteja atento para a qualidade e o estado de conservação deles.

Gostou das dicas?

😉 

O que aprendemos hoje?

#88 Por que Nutrição?

Há um bom tempo atrás recebi um e-mail da Fernanda Bonfante, uma leitora do blog, com várias perguntas: “O que te fez cursar nutrição? Gostou? O que você acha que uma nutricionista tem que ter?”

Acredito que muitas pessoas têm as mesmas dúvidas. Daí eu resolvi respondê-las aqui mesmo no Aprendi Com a Nutri. Não sei se tenho bagagem suficiente para sair por aí dando conselhos sobre ser nutricionista, mas não custa nada dividir minha experiência!

O que me fez decidir pela carreira de nutricionista

WP_20140326_005

Na minha época de ensino médio eu tinha muitas dúvidas, não sabia qual curso escolher: Turismo e Hotelaria, Pedagogia, Ciências Contábeis, Química… Um dia (isso já no terceiro ano) li um resumo sobre o curso de Nutrição (Eu li no Guia do Estudante), me interessei e decidi fazer o vestibular.

Se eu gostei do curso?

Eu me formei em Nutrição pela Faculdade Anhanguera de Anápolis em 2010. Cursei lá porque meu pai não queria que eu mudasse de cidade, pois ele pagaria mais caro para me manter numa faculdade em Goiânia, já que na UFG o curso é integral. Lógico que a faculdade onde você estuda faz a diferença, mas a dedicação do aluno é essencial!

Ao entrar na faculdade, eu ainda tinha minhas dúvidas. Mas com o passar dos períodos, fui conhecendo e aprendendo mais sobre a Nutrição e me apaixonei por ela. Cada matéria me deixava mais empolgada, lógico que havia algumas das quais eu não era muito fã (como Responsabilidade Social e Meio Ambiente, uma matéria muito importante, mas que não deixava de ser chata).

Eu tive ótimos professores e eu gostei do curso, teve suas falhas (pois fui da primeira turma), mas foi bom. Alguns exemplos de matérias: Química, Bioquímica, Anatomia, Saúde Pública, Avaliação Nutricional, Biologia, Bioestatística, Psicologia, Dietoterapia, Nutrição nos ciclos da vida, Tecnologia de alimentos, Educação nutricional… Gostei dos estágios, especialmente o de Saúde Pública, pois estagiei em um PSF.

Eu amava as aulas de Fisiologia! Eram difíceis, mas eu adorava saber sobre o funcionamento do nosso corpo: como o músculo contrai, como o coração bate e etc.

Eu não gostava das matérias de AUAN (Administração de Unidades de Alimentação e Nutrição) e muito menos do estágio. Eu tinha um pouco de preconceito, mas a minha visão mudou depois que comecei a trabalhar na área. Percebi que o trabalho do nutricionista num serviço de alimentação, por mais que não seja valorizado, é muito importante – e talvez a forma mais direta – para conscientizar as pessoas (clientes e colegas de trabalho) sobre alimentação saudável e higiene alimentar.

O dia da colação de grau foi um dos mais emocionantes da minha vida, pois em mim havia a certeza de que eu tinha feito a escolha certa. E a cada dia de trabalho eu me convenço mais disso!

O que um nutricionista precisar ter?

Antes de responder essa pergunta, é preciso entender o que é nutrição e o que o nutricionista faz. Nutrição é fundamental para a promoção, manutenção e recuperação da saúde e para a prevenção de doenças de indivíduos ou grupos populacionais. Basicamente o nutricionista é o profissional que cuida da saúde através da alimentação.

O nutrici
O nutricionista atua em várias áreas: Alimentação coletiva (restaurantes institucionais ou comerciais, escolas…), Nutrição clínica (hospitais, clínicas, consultórios, atendimento domiciliar…), Saúde coletiva (Políticas e programas institucionais; Atenção básica em saúde; Vigilância em saúde), Docência, Indústria de alimentos, Nutrição em esportes, e Marketing na área de alimentação).

Vamos para os requisitos, então?

  • Para atuar o nutricionista precisa estar devidamente inscrito no Conselho de Nutricionistas da região em que atua.
  • Conhecimento. Você só ama aquilo que conhece e só pode dar aquilo que tem.
  • Determinação. Dificuldades surgem para todo e qualquer profissional, principalmente no começo da carreira.
  • Comunicação. O nutricionista contribui para a qualidade de vida das pessoas, orientando-as sobre alimentação saudável e boas práticas de manipulação. Por isso, é preciso ter facilidade em entender o que as pessoas dizem e em fazê-las entender o que você diz.
  • Paciência. Pois toda hora alguém vai pedir para você fazer uma dieta ou perguntar quantas calorias tem aquele alimento ou sobre alguma reportagem da TV. Kkkkkkkkkkkkk
  • Organização e Planejamento. Duas ferramentas importantíssimas (que luto diariamente para ter rsrsrsrsrs)
  • Persistência. Normalmente a gente sai da faculdade com a impressão de que não sabe nada! Temos medo de tudo… Mas isso é normal. É coisa demais pra assimilar… É muito conhecimento pra aprender ao mesmo tempo… A verdade é que a gente só aprende mesmo na prática, nem no estágio a gente aprende muito. Saí da faculdade com a impressão de que não aprendi nada, só aprendi mesmo depois que comecei a trabalhar. Isso porque a gente sai da faculdade muito inseguro de si mesmo. Penso que o que mais atrapalha é essa insegurança…

A faculdade mostra o caminho. O conhecimento você vai assimilando no dia a dia, no estudo e na prática diária. É normal a gente se sentir inseguro, que não sabe de nada, que não é capaz, que não fez o suficiente… Só que a gente não pode deixar o medo nos conduzir, o medo não tem serventia nenhuma, ele só atrapalha. Não deixe o medo ou as frustrações te impedirem de crescer e de mostrar o seu potencial.

Por fim,

AMAR AQUILO QUE FAZ. Para mim esse é o principal. Se você não ama o que faz, não ama ser quem é (e se não tiver autoconhecimento), você nunca conseguirá convencer as pessoas da sua importância. E também não terá motivação para desenvolver um bom trabalho.

Mais Conselhos da Nutri Lohanne

maca-livros

  • Conheça mais sobre o curso. Converse com estudantes, nutricionistas e técnicos em nutrição. Entre nos sites das faculdades de seu interesse e leia sobre o curso, a grade, a carga horária, e tal… Aqui estão os sites da Anhanguera e da UFG.
  • Crie o hábito de estudar em casa. Pois ao final do curso, é só isso que você irá ter. E estude sempre (antes, durante e depois de ingressar na faculdade).
  • Procure um estágio na área (remunerado ou não), se dedique a ele e sugue o máximo de conhecimento e prática.
  • Participe de projetos e bolsas de iniciação científica. Isso traz pontos pro seu currículo e mostra que você é um aluno dedicado.
  • Converse com seus professores. Especialmente fora da sala de aula. Procure saber deles sobre as matérias, mas também sobre suas experiências particulares como profissionais (não só como nutricionistas).
  • Faça contatos (netwoking)! Não perca a oportunidade de conhecer pessoas e criar uma rede de contatos, pois estes contatos podem fazer a diferença na sua carreira e no seu negócio.
  • Jogue fora a timidez! Você não precisa dela. Ela pode acabar te atrapalhando numa entrevista ou, mesmo, no seu desempenho no trabalho.
  • Esforço. Seja comprometido com os estudos mesmo que hajam matérias que você não goste. Aplique o esforço e o comprometimento também no seu trabalho.
  • Faça cursos motivacionais e de aperfeiçoamento (não só na área de nutrição!). E se você ficar sabendo de algum curso, palestra com a nutri Jú Tôledo: FAÇA! De modo algum perca essa oportunidade, porque ela é TOP. Vale muito a pena. Olha só essas dicas dela:

dicas da Ju Toledo

  • Dê o melhor de si, oferecendo sempre um serviço eficiente e de qualidade. Procure também superar as expectativas dos seus clientes, pacientes e colegas de trabalho.
  • Persista, não desista. Vida de nutricionista tem seus altos e baixos. Assim como outros profissionais da área de saúde, nosso serviço não é devidamente valorizado e o salário nem sempre é aquilo que desejamos. Mas se você realmente ama ser nutricionista, você vai conseguir ser um profissional realizado independente das dificuldades!
  • Busque oportunidades, tenha iniciativa e seja pró ativo.
  • Saiba a hora de parar. Nossa mente é incrível, mas se a gente não souber parar para descansar e refletir, a gente não consegue extrair o nosso melhor e nem tomar a decisão correta.
  • Confie em si mesmo! Não duvide da sua capacidade, não se subestime e não deixe o medo ou a insegurança te impedirem de arriscar para alcançar seus objetivos.

Ufa! Quanta coisa… Mas espero que seja útil! ^^

Qualquer dúvida, pergunte-me!

Quer saber mais? Confira estes links:

nutrirmais

 

Nutri na net

#82 Novo Parceiro: Blog Dica de Saúde

Olá, pessoal!

Estou aqui para falar de um novo parceiro do “Aprendi Com a Nutri”, o blog “Dica de Saúde” !

banner-blog-dica-de-saude

No “Dica de Saúde” são fornecidas várias dicas relacionadas a saúde e bem estar, como sobre a hipertensão, os benefícios do mel, remédios caseiros e etc.

Todos os artigos e textos são revisados por profissionais especialistas, então você não precisa desconfiar do conteúdo. Mas é como está escrito no blog: “Nenhum conteúdo tem a intenção de substituir qualquer conselho médico, diagnóstico ou tratamento”.  Logo, as dicas são somente para informar e te ajudar a manter um boa saúde!

Se cadastrando no site, você recebe vídeo-aulas e ainda pode participar de promoções!

Eu recomendo, em! Vai lá conferir agora em: http://www.dicadesaude.com/

O que aprendemos hoje?

#76 O que fazer com tanto chocolate?

Se você é que nem eu e não consegue comer um ovo de páscoa de uma vez só, dai você o guarda na geladeira e fica quase 1 mês comendo chocolate…

Ou se você é daqueles que ganha tanto chocolate, que sente até dor de dente só de pensar que vai ter que comer tudo isso sozinho (não que você esteja achando ruim, né)…

Ou se você é somente um curioso…

Não importa em qual destes grupos você se encaixe, tenho certeza de que independente disto você vai adorar aprender com a nutri qual a melhor forma de se conservar o chocolate.

A nutricionista Cristina Trovó falou ao Jornal da EPTV Ribeirão Preto e deu dicas de como conservar a qualidade do chocolate por mais tempo. Aí vão as dicas:

  • Não guardá-lo na geladeira. A mudança de temperatura (de um ambiente quente para um frio) causa alterações na aparência e no sabor do chocolate;
  • Guarde em um lugar seco e fresco, ao abrigo do sol. Pode ser no armário da cozinha, por exemplo;
  • Armazene o ovo na embalagem original (no alumínio) ou em uma vasilha de plástico, mantendo-a BEM fechada;
  • Não se esqueça de verificar a validade do produto. Vale lembrar que os chocolates caseiros possuem uma validade menor.

Para mais dicas você pode assistir ao vídeo da entrevista em: Nutricionista ensina como conservar ovo de Páscoa.

Agora é só colocar em prática as dicas. Assim, toda vez que você dar aquela beliscadinha, seu chocolate irá te render muitas sensações boas…

Bjuuus achocolatados da nutri!

feliz-pascoa-nutri

O que aprendemos hoje?

#14 Comer besteiras

Você acha que só come besteiras? Pode ter certeza: VOCÊ NÃO É O ÚNICO (A)! Veja a seguir uma seleção de fotos de famosos ‘quebrando a dieta’. 

Viu? Todo mundo cai na tentação de comer besteiras de vez em quando… Coloquei estas fotos para explicar que não é proibido comer tais alimentos. O que se deve fazer é comê-los com moderação, não deixando que se tornem uma regra na alimentação, uma rotina. Alimentos gordurosos, industrializados e aqueles com grande quantidade de açúcares são muito calóricos, por isso seu consumo deve ser reduzido ao máximo para não gerar distúrbios de peso e outras doenças.

Para te ajudar siga estas dicas simples: 1) Leia atentamente os rótulos dos produtos, verificando as calorias e a quantidade de gorduras, açúcares e sódio; 2) Dê preferência a alimentos mais naturais e aos integrais; 3) Alimente-se de 3 em 3 horas e em lugar tranquilo; e 4) Resista aos desejos. Tenho certeza de essas dicas irão te ajudar bastante! Então, o que aprendemos hoje? 

“Hoje aprendi que devo tomar cuidado com os excessos, assim posso comer de tudo um pouco!”

 

Links:

Nutrição e...

#11 Nutrição e Filmes

Dentre as coisas que gosto de fazer quando tenho tempo livre, uma delas é assistir filmes. Seja na TV ou no celular ou no computador… Tanto faz! O bom mesmo é assitir!

O mundo do cinema é repleto de opções para todos os gostos: comédia, terror, suspense, romance, ação, drama, documentário, etc, etc. Os temas também são variados, tanto quanto os gêneros.

E, logicamente, a COMIDA não poderia ficar fora dessa!

Vai aí uma pequena seleção de filmes que falam a respeito desse tema tão delicioso!

      • A Dieta do Palhaço (Super Size Me, 2004) – Documentário
      • A Fantástica Fábrica de Chocolate (1971 e 2005) – Infantil
      • A Grande Noite (1996) – Comédia
      • Chocolate (2000) – Comédia
      • Comer Rezar Amar (2010) – Drama/ Romance
      • Estômago (2008) – Drama/ Nacional
      • Hop-Rebeldes sem Páscoa (2011) – Animação
      • Julie & Julia (2009) – Comédia/ Drama
      • Mambo Café – servindo a máfia (2006) – Comédia
      • Nação Fast Food (2006) – Drama
      • Nacho Libre (2006) – Comédia
      • O Óleo de Lorenzo (1992) – Drama
      • Os Sem Floresta (2006) – Animação
      • Ratatouille (2007) – Animação
      • Sabor da Paixão (2000) – Comédia Romântica
      • Sangue & Chocolate (2007) – Terror
      • Sem Reservas (2007) – Comédia Romântica
      • Sideways – entre umas e outras (2004) – Drama
      • Simplesmente Martha (2001) – Comédia
      • Sweeney Todd (2007) – Musical/ Suspense
      • Tá Chovendo Hambúrguer (2009) – Animação
      • Tomates Verdes Fritos (1991) – Drama

As dicas estão aí! Não perca tempo… Escolha já o que mais te interessou, faça algumas pipocas (não vai exagerar na quantidade!) e chame seus amigos e/ou aquela paquera para assistir o filminho com você!

Ah, também não vai esqueçer de deixar o seu comentário e, se souber de mais algum, as sua sugestão de filme.

Tenha um bom ‘cine’!