O que aprendemos hoje?

#114 Comemorando o dia do Hambúrguer

Para comemorar o dia do Hambúrguer, nada melhor do que fazer substituições saudáveis…

Hambúrguer Saudável (Fonte: Nutrição com Amor)
* Pão Integral
* Salada: Alface, tomate cebola, pimentão
* Frango ou carne (Grelhado)
* Queijo Ricota ou Minas Frescal

Tem também essa receita de Hambúrguer Funcional e Hambúrguer Vegetariano.

Gostou das dicas?

E lembre-se:

tenis-sanduiche

 

O que aprendemos hoje?

#106 Uma Crônica sobre comida

O “Aprendi Com a Nutri” também é cultura!
A postagem de hoje é uma crônica do Luis Fernando Veríssimo, autor brasileiro que eu adoro!
Enjoy it!

“OVO”

ovo-humor
Agora essa. Descobriram que ovo, afinal, não faz mal. Durante anos, nos aterrorizaram. Ovos eram bombas de colesterol. Não eram apenas desaconselháveis, eram mortais. Você podia calcular em dias o tempo de vida perdido cada vez que comia uma gema.

Cardíacos deviam desviar o olhar se um ovo fosse servido num prato vizinho: ver ovo fazia mal. E agora estão dizendo que foi tudo um engano, o ovo é inofensivo. O ovo é incapaz de matar uma mosca.

Sei não, mas me devem algum tipo de indenização. Não se renuncia a pouca coisa quando se renuncia ao ovo frito. Dizem que a única coisa melhor do que ovo frito é sexo. A comparação é difícil. Não existe nada no sexo comparável a uma gema deixada intacta em cima do arroz depois que a clara foi comida, esperando o momento de prazer supremo quando o garfo romperá a fina membrana que a separa do êxtase e ela se desmanchará, sim, se desmanchará, e o líquido quente e viscoso escorrerá e se espalhará pelo arroz como as gazelas douradas entre os lírios de Gileade nos cantares de Salomão, sim, e você levará o arroz à boca e o saboreará até o último grão molhado, sim, e depois ainda limpará o prato com pão. Ou existe e eu é que tenho andado na turma errada. O fato é que quero ser ressarcido de todos os ovos fritos que não comi nestes anos de medo inútil. E os ovos mexidos, e os ovos quentes, e as omeletes babadas, e os toucinhos do céu, e, meu Deus, os fios de ovos. Os fios de ovos que não comi para não morrer dariam várias voltas no globo. Quem os trará de volta? E pensar que cheguei a experimentar ovo artificial, uma pálida paródia de ovo que, esta sim, deve ter me roubado algumas horas de vida a cada garfada infeliz. Ovo frito na manteiga! O rendado marrom das bordas tostadas da clara, o amarelo provençal da gema… Eu sei, eu sei. Manteiga ainda não foi liberada. Mas é só uma questão de tempo.

Luis Fernando Verissimo

O que aprendemos hoje?

#105 Há 4 anos atrás…

Há 4 anos atrás, a uma hora dessas, eu estava colando grau… Ai, que saudade da minha época de faculdade, das colegas, dos professores… E da formatura, então, nem me fala!

loh-nutricao

A emoção da formatura foi incrível…

Lembro-me de quanto escolhido Nutrição…

Durante a faculdade fui me apaixonando pela Nutrição e eu percebi que tinha feito a escolha certa. Há dificuldades, mas ainda sim sou apaixonada e me sinto realizada…

 

O que aprendemos hoje?

#101 Amar faz bem!

A coisa mais boa que tem é quando amamos e somos correspondidos, não é?

Amar faz muuuuito bem! E você por acaso já viu a bula do amor? Olha só, então:

valentines-pilulas-coracaoBULA DO AMOR

Descrição:
Este remédio é resultante do metabolismo físico, químico e anormal do ser Humano.
Sua composição tem uma fórmula complexa e depende de outros ingredientes como:
Companheirismo, amizade, cumplicidade, sinceridade, etc..

Indicações:
É um produto muito eficaz no combate ao mal humor, insônia, ansiedade, solidão, falta de motivação, desinteresse, irritação, dor-de-cabeça, mau estar, etc..
Resumindo AMOR é bom prá tudo.

Especificações:

Uso adulto e pediátrico.
Seu uso faz com que diminuam as tensões e as preocupações.
Aumenta a vitalidade, além de ser um excelente tranqüilizante do sistema nervoso.

Efeitos colaterais:
O uso deste poderoso remédio provoca algumas reações no organismo mas nada que possa causar maior preocupação.
A respiração fica acelerada, o coração dispara, as mãos suam, os joelhos tremem, a voz sai fraca e a tensão aumenta.
Foram registrados alguns casos de gagueira, mas isso vai diminuindo a medida em que aumenta a confiança.
Os suspiros são freqüentes, mas raramente pode haver caso de desmaio ou perda dos sentidos.

Precauções:
Em muitos pacientes pode causar alguns sofrimentos, principalmente se não gerar os efeitos desejados.
Mesmo assim é aconselhável o uso deste remédio durante toda a vida, controlando bem as dosagens para que encontre um equilíbrio.
Se for necessário, aumente as doses, em alguns períodos, ainda mais para se precaver da rotina da vida a dois. É altamente contagioso e induz ao maior (e melhor) vício do mundo: o de amar e ser amada(o).

Contra Indicação:
É um produto contra indicado quando há resistência à sua absorção.
É importante não forçar sua atuação pois, só deve ser usado por livre e espontânea vontade.

Posologia:
De manhã, à tarde ou à noite, o uso deste poderoso remédio antes das refeições abre o apetite e faz a alimentação ficar mais gostosa.
Após as refeições, traz uma maior sensação de calma.
Pode-se usar várias vezes por dia e a qualquer hora.
Além das vias tradicionais (orais, intravenosa e intra-muscular) administrar este remédio também através dos sentidos.

Modo de usar:
É muito importante sempre agitar: Antes, durante e depois.

Apresentação:
Dispensa qualquer tipo de apresentação, pois tem que crescer naturalmente sem pressões ou recomendações.

Fórmula:
Não existe uma fórmula específica, pois só quem sente ou vive sabe como é.

Siga corretamente o modo de usar, se os sintomas desaparecerem, tome este remédio outra vez.

O que aprendemos hoje?

#98 As frutas da estação

dieta-das-notas-frutas

Não é segredo para ninguém que as frutas trazem muitos benefícios para o nosso organismo: elas são fonte de diversas vitaminas (como a Vitamina C), minerais (como o potássio) e de fibras, as quais auxiliam no funcionamento intestinal.

O Ministério da Saúde aconselha:

Coma diariamente pelo menos três porções de legumes e
verduras como parte das refeições e três porções ou mais de
frutas nas sobremesas e lanches.

E a nutri ainda acrescenta: Variar também é importante! Todos os dias consuma diferentes tipos de frutas. Fuja da monotonia (e isso vale não só para as frutas)!

Sucos naturais de fruta feitos na hora são os melhores. A polpa congelada perde alguns nutrientes, mas ainda é uma opção melhor que sucos artificiais, em pó ou em caixinha e aqueles processados com muito açúcar, como os néctares de fruta.

Ah, e outra coisa: Compre os alimentos da época (estação) e esteja atento para a qualidade e o estado de conservação deles.

Gostou das dicas?

😉 

O que aprendemos hoje?

#94 O que o nutricionista faz?

Por mais que as pessoas conheçam nutricionistas, nos vejam na TV, acessem blogs de nutrição, leiam publicações de nutris em sites, no Facebook, Instragam… Muita gente ainda se pergunta:

“O que o nutricionista faz?”

Gosto muito de uma definição que li uma vez:

Nutritionist

“O Nutricionista é o profissional especializado em Nutrição. Uma de suas tarefas é a de promover a saúde das pessoas através da alimentação.”

É uma explicação bem simples, mas verdadeira!

A atuação do nutricionista é de grande importância, pois seu trabalho e seus conhecimentos contribuem para promover a formação de hábitos alimentares saudáveis em todas as idades do ciclo da vida. Além disso, ele garante que sejam oferecidas refeições saborosas, adequadas em nutrientes e livres de contaminações.

Muita gente acha que o nutricionista só faz dieta e cardápio. “Sabe de nada, inocente!” kkkkkkkkkkk

Considerando os locais em que este profissional atua, percebe-se que ele pode fazer muito mais que isso. Um nutricionista pode trabalhar nas seguintes áreas:

> Alimentação coletiva (restaurantes institucionais ou comerciais, escolas…): De um modo geral, nesta área o nutri planeja cardápios, supervisiona todo o processo de produção das refeições (desde a aquisição de matéria-prima até a distribuição), elabora manuais e realiza atividades educativas e treinamentos em alimentação para funcionários e clientes.

nutricionista-alimentos

> Nutrição clínica (hospitais, clínicas, consultórios, atendimento domiciliar…): o nutricionista clínico avalia o estado nutricional de indivíduos, famílias ou grupos (doentes ou não) e realiza prescrição da dieta e assistência nutricional, podendo solicitar exames e prescrever suplementos. E também orienta e supervisiona a distribuição e a administração de dietas. Dentro desta área tem-se a Nutrição aplicada à estética.

> Saúde coletiva: nesta área desenvolvemos ações educativas e de assistência nutricional a coletividades e indivíduos. Como exemplos temos os nutricionistas que atuam em postos de saúde e em políticas/programas governamentais e institucionais. No campo da Vigilância Sanitária, este profissional é responsável por fiscalizar estabelecimentos e se os mesmos cumprem as legislações sanitárias.

> Docência: realiza atividades de coordenação, supervisão e/ou ensino de matérias/disciplinas de nutrição e alimentação em cursos de graduação/pós-graduação.

> Indústria de alimentos: nesta área o nutricionista atua no desenvolvimento de produtos, no treinamento especializado em alimentação e nutrição, no controle de qualidade e no desenvolvimento de estudos e trabalhos. É uma área pouco explorada, pois normalmente as indústrias preferem os Engenheiros de Alimentos.

ser-nutricionista

> Nutrição em esportes (academias, clubes esportivos e afins): o nutricionista esportivo realiza assistência e educação nutricional de indivíduos ou grupos de atletas e praticantes de atividade física. Avalia o estado nutricional, prescreve dietas e acompanha nutricionalmente os mesmos, podendo solicitar exames e prescrever suplementos nutricionais.

> Marketing na área de alimentação: neste campo o nutricionista atua elaborando e/ou divulgando informações e materiais técnico-científicos sobre produtos ou técnicas reconhecidas. Realiza visitas a consultórios de profissionais de saúde para demostrações técnicas, orientações e entrega de materiais sobre produtos.

Puxa, quanta coisa! Pois é… Nutricionistas são bem versáteis e estão por todo lado hehehehe

E, então, conseguiu aprender um pouquinho mais sobre o que o faz um nutricionista?

Ser nutricionista é muito mais que fazer um cardápio para restaurante ou dizer o que as pessoas podem ou não podem comer. Ser nutricionista é mostrar que alimentação saudável é saborosa, não custa caro, oferece tudo que o corpo precisa e gera saúde e bem-estar. Ser nutricionista significa incentivar mudança de idéias e comportamentos.

ser-nutricionista-eh

EU ❤ SER NUTRI!!!

O que aprendemos hoje?

#91 Cárie e Alimentos com Fibra

Oieee! 😉

Veja que interessante esta publicação na página da Colgate Brasil no Facebook:

ColgateBrasil-fb-carie-e-fibras

Você sabia disso?

Pois é, os alimentos ricos em fibras (frutas e verduras em geral) estimulam a produção de saliva, dessa forma contribuem para a diminuição da acidez da boca e aumentam a produção de defesas minerais que combatem a cárie.

Opções de alimentos com grande quantidade de fibras: frutas secas (como damasco, uva passa,figo), frutas frescas (banana, maçã,laranja), leguminosas e verduras, (feijão, couve de Bruxelas, ervilha), amendoim, amêndoa e farelo de trigo.

vegetais+frutas

De um modo geral, a alimentação tem forte influência na saúde bucal.

A Academia de Nutrição e Dietética, a maior organização mundial de profissionais de alimentos e nutrição, dá as seguintes recomendações para se garantir a saúde bucal:

  • Ingerir dieta balanceada com frutas, vegetais, proteína magra, derivados do leite desnatado e grãos integrais que fornecem nutrientes essenciais para a ótima saúde bucal e geral.
  • Praticar boa higiene bucal, como escovar os dentes com creme dental fluoretado pelo menos três vezes ao dia, após as refeições, ingerir água fluoretada e buscar regularmente tratamento odontológico.

Agora que você já sabe, use a sua alimentação como uma aliada no combate à carie.

Ah, e não se esqueça de escovar os dentes hehehe!

;*

 

——-

Outros artigos interessantes:

> Alimentos que combatem a cárie

Forte conexão entre alimento e saúde bucal

> Comer queijo pode ajudar a evitar cárie dental

> Leite pode ajudar a reduzir a cárie dental causada por alimentos que contém açúcar

> Efeito de refrigerantes no esmalte dental

> Sobrepeso pode levar a problemas de saúde bucal

> Distúrbios alimentares colocam os dentes em risco

> Café pode reduzir o risco de câncer bucal

O que aprendemos hoje?

#88 Por que Nutrição?

Há um bom tempo atrás recebi um e-mail da Fernanda Bonfante, uma leitora do blog, com várias perguntas: “O que te fez cursar nutrição? Gostou? O que você acha que uma nutricionista tem que ter?”

Acredito que muitas pessoas têm as mesmas dúvidas. Daí eu resolvi respondê-las aqui mesmo no Aprendi Com a Nutri. Não sei se tenho bagagem suficiente para sair por aí dando conselhos sobre ser nutricionista, mas não custa nada dividir minha experiência!

O que me fez decidir pela carreira de nutricionista

WP_20140326_005

Na minha época de ensino médio eu tinha muitas dúvidas, não sabia qual curso escolher: Turismo e Hotelaria, Pedagogia, Ciências Contábeis, Química… Um dia (isso já no terceiro ano) li um resumo sobre o curso de Nutrição (Eu li no Guia do Estudante), me interessei e decidi fazer o vestibular.

Se eu gostei do curso?

Eu me formei em Nutrição pela Faculdade Anhanguera de Anápolis em 2010. Cursei lá porque meu pai não queria que eu mudasse de cidade, pois ele pagaria mais caro para me manter numa faculdade em Goiânia, já que na UFG o curso é integral. Lógico que a faculdade onde você estuda faz a diferença, mas a dedicação do aluno é essencial!

Ao entrar na faculdade, eu ainda tinha minhas dúvidas. Mas com o passar dos períodos, fui conhecendo e aprendendo mais sobre a Nutrição e me apaixonei por ela. Cada matéria me deixava mais empolgada, lógico que havia algumas das quais eu não era muito fã (como Responsabilidade Social e Meio Ambiente, uma matéria muito importante, mas que não deixava de ser chata).

Eu tive ótimos professores e eu gostei do curso, teve suas falhas (pois fui da primeira turma), mas foi bom. Alguns exemplos de matérias: Química, Bioquímica, Anatomia, Saúde Pública, Avaliação Nutricional, Biologia, Bioestatística, Psicologia, Dietoterapia, Nutrição nos ciclos da vida, Tecnologia de alimentos, Educação nutricional… Gostei dos estágios, especialmente o de Saúde Pública, pois estagiei em um PSF.

Eu amava as aulas de Fisiologia! Eram difíceis, mas eu adorava saber sobre o funcionamento do nosso corpo: como o músculo contrai, como o coração bate e etc.

Eu não gostava das matérias de AUAN (Administração de Unidades de Alimentação e Nutrição) e muito menos do estágio. Eu tinha um pouco de preconceito, mas a minha visão mudou depois que comecei a trabalhar na área. Percebi que o trabalho do nutricionista num serviço de alimentação, por mais que não seja valorizado, é muito importante – e talvez a forma mais direta – para conscientizar as pessoas (clientes e colegas de trabalho) sobre alimentação saudável e higiene alimentar.

O dia da colação de grau foi um dos mais emocionantes da minha vida, pois em mim havia a certeza de que eu tinha feito a escolha certa. E a cada dia de trabalho eu me convenço mais disso!

O que um nutricionista precisar ter?

Antes de responder essa pergunta, é preciso entender o que é nutrição e o que o nutricionista faz. Nutrição é fundamental para a promoção, manutenção e recuperação da saúde e para a prevenção de doenças de indivíduos ou grupos populacionais. Basicamente o nutricionista é o profissional que cuida da saúde através da alimentação.

O nutrici
O nutricionista atua em várias áreas: Alimentação coletiva (restaurantes institucionais ou comerciais, escolas…), Nutrição clínica (hospitais, clínicas, consultórios, atendimento domiciliar…), Saúde coletiva (Políticas e programas institucionais; Atenção básica em saúde; Vigilância em saúde), Docência, Indústria de alimentos, Nutrição em esportes, e Marketing na área de alimentação).

Vamos para os requisitos, então?

  • Para atuar o nutricionista precisa estar devidamente inscrito no Conselho de Nutricionistas da região em que atua.
  • Conhecimento. Você só ama aquilo que conhece e só pode dar aquilo que tem.
  • Determinação. Dificuldades surgem para todo e qualquer profissional, principalmente no começo da carreira.
  • Comunicação. O nutricionista contribui para a qualidade de vida das pessoas, orientando-as sobre alimentação saudável e boas práticas de manipulação. Por isso, é preciso ter facilidade em entender o que as pessoas dizem e em fazê-las entender o que você diz.
  • Paciência. Pois toda hora alguém vai pedir para você fazer uma dieta ou perguntar quantas calorias tem aquele alimento ou sobre alguma reportagem da TV. Kkkkkkkkkkkkk
  • Organização e Planejamento. Duas ferramentas importantíssimas (que luto diariamente para ter rsrsrsrsrs)
  • Persistência. Normalmente a gente sai da faculdade com a impressão de que não sabe nada! Temos medo de tudo… Mas isso é normal. É coisa demais pra assimilar… É muito conhecimento pra aprender ao mesmo tempo… A verdade é que a gente só aprende mesmo na prática, nem no estágio a gente aprende muito. Saí da faculdade com a impressão de que não aprendi nada, só aprendi mesmo depois que comecei a trabalhar. Isso porque a gente sai da faculdade muito inseguro de si mesmo. Penso que o que mais atrapalha é essa insegurança…

A faculdade mostra o caminho. O conhecimento você vai assimilando no dia a dia, no estudo e na prática diária. É normal a gente se sentir inseguro, que não sabe de nada, que não é capaz, que não fez o suficiente… Só que a gente não pode deixar o medo nos conduzir, o medo não tem serventia nenhuma, ele só atrapalha. Não deixe o medo ou as frustrações te impedirem de crescer e de mostrar o seu potencial.

Por fim,

AMAR AQUILO QUE FAZ. Para mim esse é o principal. Se você não ama o que faz, não ama ser quem é (e se não tiver autoconhecimento), você nunca conseguirá convencer as pessoas da sua importância. E também não terá motivação para desenvolver um bom trabalho.

Mais Conselhos da Nutri Lohanne

maca-livros

  • Conheça mais sobre o curso. Converse com estudantes, nutricionistas e técnicos em nutrição. Entre nos sites das faculdades de seu interesse e leia sobre o curso, a grade, a carga horária, e tal… Aqui estão os sites da Anhanguera e da UFG.
  • Crie o hábito de estudar em casa. Pois ao final do curso, é só isso que você irá ter. E estude sempre (antes, durante e depois de ingressar na faculdade).
  • Procure um estágio na área (remunerado ou não), se dedique a ele e sugue o máximo de conhecimento e prática.
  • Participe de projetos e bolsas de iniciação científica. Isso traz pontos pro seu currículo e mostra que você é um aluno dedicado.
  • Converse com seus professores. Especialmente fora da sala de aula. Procure saber deles sobre as matérias, mas também sobre suas experiências particulares como profissionais (não só como nutricionistas).
  • Faça contatos (netwoking)! Não perca a oportunidade de conhecer pessoas e criar uma rede de contatos, pois estes contatos podem fazer a diferença na sua carreira e no seu negócio.
  • Jogue fora a timidez! Você não precisa dela. Ela pode acabar te atrapalhando numa entrevista ou, mesmo, no seu desempenho no trabalho.
  • Esforço. Seja comprometido com os estudos mesmo que hajam matérias que você não goste. Aplique o esforço e o comprometimento também no seu trabalho.
  • Faça cursos motivacionais e de aperfeiçoamento (não só na área de nutrição!). E se você ficar sabendo de algum curso, palestra com a nutri Jú Tôledo: FAÇA! De modo algum perca essa oportunidade, porque ela é TOP. Vale muito a pena. Olha só essas dicas dela:

dicas da Ju Toledo

  • Dê o melhor de si, oferecendo sempre um serviço eficiente e de qualidade. Procure também superar as expectativas dos seus clientes, pacientes e colegas de trabalho.
  • Persista, não desista. Vida de nutricionista tem seus altos e baixos. Assim como outros profissionais da área de saúde, nosso serviço não é devidamente valorizado e o salário nem sempre é aquilo que desejamos. Mas se você realmente ama ser nutricionista, você vai conseguir ser um profissional realizado independente das dificuldades!
  • Busque oportunidades, tenha iniciativa e seja pró ativo.
  • Saiba a hora de parar. Nossa mente é incrível, mas se a gente não souber parar para descansar e refletir, a gente não consegue extrair o nosso melhor e nem tomar a decisão correta.
  • Confie em si mesmo! Não duvide da sua capacidade, não se subestime e não deixe o medo ou a insegurança te impedirem de arriscar para alcançar seus objetivos.

Ufa! Quanta coisa… Mas espero que seja útil! ^^

Qualquer dúvida, pergunte-me!

Quer saber mais? Confira estes links:

nutrirmais

 

O que aprendemos hoje?

#87 Atividade que faz bem à saúde

betty boop exercise

Num dos meus posts eu falei sobre Atitudes que emagrecerão você e uma das dicas, atitudes era:

“Faça exercícios no horário em que estiver mais disposto!”

Pois é, acabo de ler um post muito legal sobre como a atividade física faz bem pro nosso corpo.

Vale a pena conferir! Basta clicar em: Benefícios da atividade física, para ler 7 benefícios do esporte pra sua vida.

Vamos lá, deixe de preguiça e torne a frase abaixo um lema para incentivar sua busca por hábitos de vida mais saudáveis:

painXweakless
“Dor é a fraqueza deixando o corpo.”